ND NÚCLEO DIAGNÓSTICO ENCONTRA ALTA PROBABILIDADE DE VARIANTE DO VÍRUS DA COVID-19 EM EXAMES REALIZADOS EM MARINGÁ

janeiro 29, 2021 by nucleodiagnostico
banner-1200x428.png

Nd Núcleo Diagnóstico Encontra Alta Probabilidade de Variante do Vírus da Covid-19 Em Exames Realizados Em Maringá

Variante tem demonstrado maior poder de contágio em países do Reino Unido

O ND Núcleo Diagnóstico que tem ampla gama de atendimentos em exames por imagens e laboratório e que, nesta pandemia, realiza o exame RT PCR (SWAB) para o diagnóstico do vírus da covid-19 notificou a Vigilância Sanitária de Maringá.

comunicado alerta alta possibilidade de ter detectado a variante do vírus SARS-Cov-2 com mutações no gene S em alvos pesquisados a partir dos marcadores moleculares usados para diagnóstico (Gene N, ORF1ab e S – TaqPath COVID-19 Thermo Fisher Scientific).

Um resultado é considerado positivo para covid-19 (linhagem SARSCoV-2) quando é verificada amplificação destes marcadores moleculares acima citados, entretanto alguns pacientes não estão apresentando a amplificação de um dos genes, o Gene S, caracterizando então suposta mutação do vírus.

Os pacientes estão sendo contatados e realizadas as anamneses sobre histórico de viagens com indivíduos de outras regiões. O Laboratório ND apurou ainda, que uma paciente esteve com familiares positivos para covid-19 vindos da Inglaterra, e a origem da mutação B1.1.7 do vírus SARS-Cov-2 foi no Reino Unido.

Cumprindo criteriosamente os protocolos estabelecidos pelas autoridades e ciente do seu importante papel como empresa privada no auxílio ao combate à pandemia, o ND Núcleo Diagnóstico, além de comunicar o órgão municipal, imediatamente enviou o material coletado ao Lacen – Laboratório Central do Estado do Paraná que fará o compartilhamento do estudo com a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz).

Como vem sendo amplamente divulgado em todo mundo, essas mutações no Gene S e na proteína spike podem aumentar a transmissão do vírus entre os hospedeiros por meio da localização anatômica no trato respiratório superior. Sendo, portanto, necessário detectar e caracterizar as mutações do vírus para estudar a patogênese viral. Para comprovação da mutação dessas cepas será realizado o sequenciamento, deste modo avaliando a presença da linhagem B1.1.7 do vírus SARS-Cov-2. O Laboratório ND aguarda o posicionamento e o resultado das análises dos órgãos competentes.